Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2016

Explicação da crítica igualitarista de Cohen à teoria da justiça de Rawls

Imagem
O texto abaixo é retirado do livro Capitalismo. Porque Não? recentemente publicado entre nós (Gradiva). Aí, o filósofo político Jason Brennan explica de forma muito clara e acessível a crítica do filósofo marxista G. A. Cohen à teoria da justiça de Rawls.

Cohen tem um diagnóstico sobre quais as razões por que a filosofia política está errada – porque é que, na sua perspectiva, os filósofos políticos são demasiado optimistas sobre os mercados e o capitalismo. Em Defesa do Socialismo é uma pequena peça do projecto mais extenso de Cohen de resgatar a filosofia dos seus caminhos errantes. Ele pensa que os filósofos construíram teorias pouco ambiciosas da justiça porque tratam erradamente a natureza humana como uma limitação à justiça. Em particular, Cohen pensa que os filósofos tratam erradamente factos sobre o que as pessoas estão dispostas a fazer como uma limitação ao que as pessoas deveriam fazer. Para entender a acusação de Cohen, precisamos de algum conhecimento do filósofo John Rawl…

Críticas à Teoria da Justiça de Rawls

Imagem
Uma das principais motivações da teoria da justiça de Rawls foi encontrar uma alternativa ao utilitarismo que, de há muito, orientava grande parte da teoria política. Rawls considerava que o utilitarismo contraria as nossas intuições sobre a justiça, dado que não exclui o sacrifício de alguns em prol da maximização do bem-estar geral. Mais precisamente, o utilitarismo contraria a nossa intuição de que, se queremos ser justos, devemos tratar todas as pessoas como iguais. Ora, pensa Rawls, a proteção de certos direitos e liberdades é o que garante um tratamento igual de todas as pessoas. 
Em grande parte, a teoria da justiça de Rawls visa mostrar quais são esses direitos e liberdades, evitando cair no habitual extremo oposto ao utilitarismo, isto é, evitando caucionar a pluralidade de intuições desconexas e incompatíveis entre si e a que dava o nome de "intuicionismo". A ideia de Rawls foi precisamente desenvolver uma teoria política capaz de articular de forma sistemática e …