Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2015

Setembro filosófico

Imagem

Filedu na Crítica

O site filedu.com, da autoria de Álvaro Nunes, prestou um importante serviço a professores e estudantes de filosofia durante vários anos, publicando materiais de inegável interesse filosófico, e também cultural em geral. O site, contudo, não está já disponível. O autor disponibilizou todos os materiais nele publicados, contudo, para que fiquem disponíveis na Crítica. Comecei hoje a publicá-los, e continuarei a fazê-lo, à medida das minhas disponibilidades, nas próximas semanas.

Corrupção que mata crianças

Vale a pena ver este vídeo sobre a corrupção angolana.

Liberdade de expressão

Imagem
Acabou de ser editado entre nós o breve, mas muito esclarecedor, livro de Nigel Warburton sobre a liberdade de expressão.

Para mais pormenores sobre o livro, incluindo o índice, um excerto e uma recensão, pode ver aqui.

O autor estará também na próxima sexta-feira no Museu Colecção Berardo para abrir a terceira sessão do colóquio "O que é a arte?" e a entrada é livre, desde que haja lugares disponíveis.


'O Medo do Conhecimento', de Paul Boghossian - TSF

Imagem

Exame de 2015

Imagem
Foi realizada ontem a prova de exame nacional de Filosofia, da primeira fase. A prova pode ser consultada aqui e os respetivos critérios de classificação aqui.

O que pensar da desobediência civil?

Imagem
A questão da desobediência civil é mais um dos temas/problemas que podem ser tratados no 10º ano, no âmbito da relação entre a ética, o direito e a política.
Aqui fica mais um pequeno ensaio (publicado com a simpática autorização da autora) em que a Carolina Silva argumenta a favor da desobediência civil.

Carolina Silva Filosofia, 10.º Ano Turma K, 6
SERÁ O RECURSO Á DESOBEDIÊNCIA CIVIL MORALMENTE ACEITÁVEL?

   A posição aqui defendida é a de que há casos em que a desobediência civil é moralmente aceitável.    A desobediência civil consiste no ato público de violação deliberada de leis consideradas injustas. É uma forma de protesto coletivo, público (como já foi referido) e normalmente pacífico, com o objetivo de modificar essas leis. Este tipo de desobediência não se pode comparar à desobediência individual e comum, pois é coletiva e pública, sendo assim impossível afirmar que é uma mera desobediência às leis. A desobediência civil pode, em meu entender, comparar-se ao Direito de Greve, a…

Warburton sobre a liberdade de expressão

Imagem
Um tema/problema que pode perfeitamente ser discutido no 10.º ano é o da liberdade de expressão, o qual pode também ser tratado no âmbito da relação entre a ética, o direito e a política.
Se até agora era difícil encontrar um bom livro de introdução ao assunto, isso deixará de ser um problema. Ainda neste mês de junho será publicado o livro Liberdade de Expressão: Uma breve introdução, de Nigel Warburton (Gradiva), com tradução de Vítor Guerreiro. Warburton que estará também no fim deste mês em Lisboa  (mais precisamente no dia 26, no Museu Coleção Berardo) para abrir o colóquio "O Que é a Arte?", com entrada livre.

O próprio Warburton apresenta assim o seu livro:
    O meu objectivo neste livro é simples. Quero apresentar uma perspectiva crítica dos principais argumentos acerca do que seja a livre expressão e por que razão nos devemos importar com isso. 
   O capítulo 1 dá‑nos uma visão panorâmica de alguns dos debates cruciais e casos recentes. No capítulo 2 esboço as princ…

O que pensar das leis de discriminação positiva?

Imagem
O problema da discriminação positiva (ou ação afirmativa) é um bom exemplo da relação entre a ética, o direito e a política. Parece-nos um bom tema para os alunos do 10.º ano discutirem nos seus pequenos ensaios filosóficos de fim de ano letivo. 
Eis um desses ensaios (publicado com a simpática autorização da sua autora), em que a Sara Rodrigues argumenta contra a a discriminação positiva.


Podem ser justas as leis que beneficiam apenas alguns grupos sociais?
Sara Martins Rodrigues, 21 10º ano, Turma K
Será a discriminação positiva feita a mulheres, a pessoas de diferentes etnias, a homossexuais e a outros grupos, aceitável e justa, unicamente porque os compensa de terem anteriormente sido vítimas de discriminação? Este assunto é importante dado que é preciso ter em conta se a discriminação positiva é compatível com a sociedade em que vivemos, na qual todos os indivíduos devem ter verdadeira igualdade de oportunidades e ver salvaguardado o princípio de que todos devem ser tratados como igu…