O que é a arte?


Comentários

  1. Perante a dificuldade da definição do conceito, podemos sempre perguntar quando há arte?

    http://www.lavarcabecas.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. No artigo onde Goodman propõe substituir a pergunta "quando há arte" à pergunta tradicional "o que é a arte", a ideia subjacente é que um mesmo objecto não tem de ser arte em todos os momentos da sua existência. Goodman faz uma analogia com as "amostras" - a tentativa de definir arte tradicionalmente, apontando condições necessárias e suficientes, é comparada à tarefa inglória de especificar em abstracto, para quaisquer objectos que funcionem como amostras, que propriedades suas são relevantes (p. ex. um trailer de um filme tem diversas propriedades; algumas dessas propriedades são dadas como amostra das propriedades do próprio filme, mas não todas. Não será correcto inferir, a partir do trailer, que o filme tem a duração de três minutos, ou que tem a duração média de um filme mas consiste numa sucessão frenética de imagens impressionantes, sem um desenvolvimento narrativo.)

    Em suma, que propriedades são relevantes depende largamente do contexto. Não há quaisquer propriedades intrínsecas, comuns a todas as coisas que funcionam como amostras de algo, em virtude das quais essas coisas são amostras; nem podemos inferir, independentemente do contexto, que propriedades exibidas são as relevantes na amostra.

    A proposta então é a de, em vez de perguntar "o que é a arte?", perguntar "quando há arte", ou, mais precisamente, "em que circunstâncias algo funciona como arte?"

    Contudo, parece-me que não vamos muito longe com esta substituição. Mesmo concordando com a ideia de que um mesmo objecto pode não ser arte quando é produzido, tornar-se arte e vir a perder esse estatuto, temos de explicar em que consiste algo funcionar como arte. Mas isso é precisamente o que tentam fazer as teorias tradicionais da arte: especificar aquela função (representação, expressão, exibir forma significante, gerar experiências estéticas, etc.) que certos objectos têm e em virtude da qual são obras de arte, independentemente do que mais sejam. Especificar essa função (se existe) é responder à pergunta tradicional "o que é a arte?"

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Dedução e indução

Filmes

O que é a filosofia, afinal?